Skip to content
October 5, 2011 / vitorcaldi

O facebook pode ser divertido!

De uns tempos pra cá os internautas brasileiros ficaram divididos entre duas grandes redes sociais. O Orkut e o Facebook. O Orkut começou suas atividades no Brasil lá pelos idos de 2004 e foi um fenômeno para todos que queriam bisbilhotar a vida dos outros. Claro que bisbilhotar a vida dos outros já era algo corriqueiro para quem já usava a internet com maior frequência, mas o Orkut levou a atividade de “stalker” para um outro nível. Saber se a outra pessoa estava namorando ou não, ver as fotos e, principalmente, ler e reler os scraps deixados pra lá e pra cá. Aliás, o número de scraps recebidos era um sinalizador de quão popular ou influente você era nessa brincadeira, mas isso não vem ao caso.

Enquanto o Brasil se esbaldava no Orkut, o resto do mundo usava o Facebook que, até pouco tempo atrás, era usado somente por brasileiro muito descolados e/ou quem havia morado fora.

Aos poucos, o Orkut foi decaindo, decaindo, decaindo….Alterações que os criadores pensavam que iria agradar os usuários, transforam a rede em algo absurdamente feio. Scraps coloridos com anjinhos e mensagens de Jesus vinda de pessoas que você nem lembrava que existia, começaram a encher um pouco o saco.

O povo com o gosto um pouco mais “refinado” para a internet viu no Facebook a salvação de continuar tendo uma rede social bonita, sem palhaçadas e, como o twitter já estava bombando, o “mural” era algo muito divertido, pois era um twitter no qual você via os comentários dos seus amigos.

Ah, que maravilha foi o Facebook por um ano!

O problema é que um tempo depois, aquela galera que te mandava os scraps de Jesus brilhando também descobriu o Facebook e, desde então, novas manias foram inseridas no dia-a-dia do pobre usuário comum.

Eu uso o Facebook com a intenção de interagir, publicar besteira, dar risada da besteira que outros publicam, etc. Mas, ao que parece, tem gente que usa o Facebook com a intenção de salvar o mundo. Todo santo dia você acorda e lê algo do tipo “SE VOCÊ É CONTRA O ESTUPRO DE CRIANÇAS SOMALIANAS COLE ISSO NO SEU MURAL” – “SE VOCÊ É CONTRA O EXTERMÍNIOS DOS TEXUGOS NA INGLATERRA COLE ISSO NO SEU MURAL” – “Se você isso”, “Se você aquilo”. O senso comum dessas mensagens chega a ser engraçado.

E, como todos sabemos, a velocidade com que as coisas se espalham na internet é algo absurdo. Basta ver o rise and fall da horrorosa Banda Mais Bonita da Cidade. Sucesso absoluto por um fim de semana. (Por onde andam esses malas? Beijo, Leila Lopes!).

Além desse processo de “conscientização”, as pessoas também não sabem que as redes sociais não são lugares para deixar recadinhos, indiretas, etc. Gente, vocês já sairam do colégio. Sério, isso tá ficando muito chato.

Bom, quem sou eu pra falar, mas segue aqui um pequeno manual de como usar o Facebook. Você pode concordar ou não.

– Indiretas, recados, etc. O Facebook não foi feito pra isso, meus amigos. “TEM GENTE QUE SE ACHA E SÓ DEPOIS VAI VER O QUE TÁ PERDENDO RS #FIKDIK”. Sério, pra que isso? Provavelmente a pessoa nem vai ler e, se ler, nem vai saber que é pra ela.

– Campanhas de conscientização. A última foi, antes desse texto ser escrito – TROQUE SEU AVATAR POR UM DESENHO SE VOCÊ FOR CONTRA A VIOLÊNCIA INFANTIL”. Porra, é meio óbvio que todo mundo é contra a violência infantil, né? Eu acho difícil algum molestador se manifestar e falar “Oi, sou pedófilo, não vou trocar minha foto por desenho nenhum!”

– Ser super consciente e reclamar da falta de iniciativa do brasileiro. “ENQUANTO VC TÁ AI TROCANDO A FOTO, MILHÕES DE CRIANÇAS MORREM! HIPÓCRITAS!!!#@!” Não, as pessoas não são hipócritas. Só são tontas. E você é mais ainda.

– Filtrem as suas publicações. Vc pode publicar o que quiser, mas não precisa ser de 2 em 2 minutos um “KKKK EH FODA VIU” “VIXI HJ TA TRETA NO TRAMPO”

– Evitem o óbvio. De sexta-feira não precisa falar que é sexta-feira. Quando tá calor, não precisa falar que tá calor. Quando tem jogo do seu time, não precisa falar que tem jogo do seu time (comentar o resultado pode, óbvio).

– Evitem as correntes. Pouca gente usa e-mail hoje em dia, e graças a Zeus o Facebook ainda não permite publicar arquivos em power point. Contudo, essas correntes de COLE NO SEU MURAL são extremamente chatas. É o novo spam. Evitem isso, por favor.

– “HJ É MAIS UM DIA PARA VENCER” “ESTOU MELHOR QUE ONTEM E NÃO TÃO BEM QUANTO AMANHÔ. Amigo, livro do Augusto Cury é tipo 10 reais, não precisa de você aqui falando isso.

– Escreva em português claro, correto, e coerente. Eu sei que as vezes é difícil, mas faça uma forcinha.

Já ouvi milhões de pessoas falando como o facebook ou o orkut arruinou relacionamentos, amizades, etc. Usem direito que isso não vai acontecer.

Advertisements

4 Comments

Leave a Comment
  1. Tablita / Oct 5 2011 9:55 am

    Vitor vc é um gacto !!! Que belo post , de belo gosto! Se vc curtiu esse post cole no seu mural e salve os cães de rua!

  2. Daniela Viegas (@danviegas) / Oct 5 2011 9:58 am

    a grande merda é q nego confunde facebook com twitter, comentarios aleatórios vc faz no twitter, amigo.
    mas nosso amigo Zuck é um lindo mesmo e permitiu que a gente ficasse amigo da pessoa sem precisar ficar seguindo as atualizações medonhas de todo mundo.
    ou seja, pra tudo se dá um jeito. mas ser humano é ser humano né, tem q ficar alfinetando, tem q ficar provando o tempo todo q eu sou mais bonito, engraçado, tenho um milhão de amigos e todos eles me deram 10 reais, ou seja, SOU RYCAH.

    BITCH PLEASE.

  3. Stoian / Oct 5 2011 11:53 am

    Muito Bom! Seria ótimo que essas dicas fossem regras apresentadas antes mesmo de vc conluir o “sign in” no FB. Gostei tb da trajetoria de ambas as redes. Hoje eu odeio o OrKut por causa dessas versoes mal sucedidas. Acredito que esteja ai o fracasso. Quanto aos recados indiretos, campanhas, correntes e mensagens de auto ajuda; ai vai um recado: “Rede social não é terapia!” É pra diversão e entretenimento! (rs) Mandou bem Vitin!

  4. Isadora / Nov 10 2011 6:10 pm

    Nossa, fala sério, adoro tudo o que você escreve e concordo com MUITA COISA, principalmente no caso dos alunos da USP, teria como eu entrar em contato com você, um e-mail sei lá ? ;D

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: